Publicações

Tipo de texto
Palavra-chave
Autor
Artigos acadêmicos
Publicado em: abril de 2017
Lorrane Câmara Max Staib Ramalho Patrícia P. Silva Guillermo Pereira Guilherme Dantas

Photovoltaic energy diffusion through net-metering and feed- in tariff policies: Learning from Germany, California, Japan and Brazil

Mitigating climate changes and guaranteeing the security of electricity supply are two of the most important drivers behind the adoption of renewable sources support policies. In the last few years, photovoltaic generation has proven growing dynamism and potential through its decreasing costs and accelerated adoption across many countries. Studies indicate that 96.3% of the gloval PV market depends on support schemes. In this context, the most widespread policies supporting photovoltaic generation are net metering and feed-in tariffs. Regarding net metering, California is an outstanding case, which over the past 20 years has played a leading role in photovoltaic energy policies nationally and internationally. Germany, in turn, has also been an early adopter of feed-in tariffs, and has often been signalled for its success in catapulting the country to the forefront of global photovoltaic installed capacity. Additionally, and following this characterization, the study looks at two “later comers”: Japan and Brazil. Although dissimilar countries, both choose to adopt one of the two policy instruments during the same time period. While Japan, in 2011, chose to implement a feed- in tariff scheme, Brazil in 2012 introduced a net-metering solution. Consequently, we evaluate the policies implemented in these two countries, identifying how they differ, and, consequently, if and how they have incorporated the lessons learned from the pioneering regions. Finally, taking into consideration the different trajectories of photovoltaic energy diffusion in the different cases, this study makes an exploratory assessment of the success of the two incentive schemes and their advantages and disadvantages. There exists an indisputable challenge in comparing the performance of policies across different countries, due their heterogeneity, particularly in regards to their socio-economic configuration. Thus, these limitations are taken into consideration when appraising the success of these incentive policies in the different countries. This demonstrates the importance of having a suitable support structure, which goes beyond individual policy tools.

Outras categorias
Publicado em: abril de 2017
Lorrane Câmara Max Staib Ramalho Patrícia Pereira da Silva Guillermo Ivan Pereira Guilherme Dantas

Photovoltaic energy diffusion through net-metering and feed- in tariff policies: learning from Germany, California, Japan and Brazil

Slides da apresentação dos pesquisadores Max Ramalho, Lorrane Câmara, Guillermo Ivan Pereira, Patricia Pereira da Silva e Guilherme Dantas no 6° ELAEE, Encontro Latino Americano de Economia da Energia, realizado no Hotel Windsor Florida, na cidade do Rio de Janeiro, entre os dias 02 e 05 de abril de 2017.

Artigos acadêmicos
Publicado em: fevereiro de 2017
Nivalde de Castro Lorrane Câmara Patrícia Pereira da Silva Guillermo Ivan Pereira Guilherme Dantas

Evolution of Solar Photovoltaic Support Policies in Brazil and Portugal: a review

This research develops a comparative analysis between Brazil and Portugal, focusing on support schemes for solar photovoltaic electricity generation, for which both countries present significant potential. The analysis yields a detailed mapping of support policies trajectories, by presenting its main characteristics, incentive models, and resulting outcomes. The obtained results are policy-relevant, allowing for a more detailed understanding on the possibilities for support schemes design, adaptation, and the possible outcomes to be obtained from different schemes implementation.

A pesquisa desenvolve uma análise comparativa entre Brasil e Portugal, com foco em esquemas de apoio à geração de energia solar fotovoltaica, para quais ambos os países apresentam potencial significativo. A análise fornece um mapeamento detalhado das trajetórias das políticas de apoio, apresentando suas principais características, seus modelos de incentivo e efeitos. As conclusões são relevantes para as políticas, permitindo um entendimento mais detalhado sobre as possibilidades de projeto de apoio, adaptação e os possíveis resultados a serem obtidos com a implementação de diferentes esquemas.

 

Outras categorias
Publicado em: fevereiro de 2017
Nivalde de Castro Lorrane Câmara Patrícia Pereira da Silva Guillermo Ivan Pereira Guilherme Dantas

Evolution of Solar Photovoltaic Support Policies in Brazil and Portugal: a review

Artigo apresentado no Energy of Sustainability Internetional Conference (Efs 2017), que aconteceu entre os dias 8 e 10 de fevereiro, em Portugal. O trabalho foi realizado no âmbito do Projeto de P&D “Impacto dos Recursos Energéticos Distribuídos sobre o Setor de Distribuição”, vinculado ao Programa de P&D da Aneel e executado pelo GESEL em parceria com a Energisa.

Textos de discussão - TDSE
Publicado em: outubro de 2016
Nivalde de Castro Roberto Brandão Mauricio Moszkowicz Rubens Rosental Guilherme Dantas

TDSE 67 “Perspectivas e Desafios da Difusão da Micro e da Mini Geração Solar Fotovoltaica no Brasil”

O processo de difusão da geração distribuída solar fotovoltaica vem ocorrendo de forma acelerada em diversas regiões do mundo. No Brasil, embora o processo ainda seja incipiente, as resoluções 482 e 687 criaram condições propícias para a existência de um ciclo expansivo de investimentos em sistemas fotovoltaicos. Os benefícios inerentes a descentralização através da difusão da micro e da mini geração solar fotovoltaica são diversos. Entretanto, também existem impactos e custos no processo. Por um lado, existe a redução do mercado das concessionários de distribuição. Ao mesmo tempo, para maiores níveis de difusão, é possível que exista a necessidade de adaptações na rede. Desta forma, é perceptível a necessidade de examinar os impactos sobre o equilíbrio econômico-financeiro das distribuidoras. O texto de discussão “Perspectivas e Desafios da Micro e da Mini Geração Solar Fotovoltaica no Brasil” visa, não apenas apresentar os condicionantes da inserção da geração distribuída solar fotovoltaica no Brasil, como também examinar os impactos técnicos e econômicos desta difusão. O estudo conclui que o arcabouço regulatório atual é incompatível com a garantia do equilíbrio econômico financeiro das distribuidoras em um cenário de elevada difusão da micro e da mini geração solar fotovoltaica. Este estudo está diretamente associado ao Programa de P&D da ANEEL vinculado ao projeto de pesquisa “Impactos dos Recursos Energéticos Distribuídos para as Distribuidoras” executado pelo GESEL com apoio do Grupo Energisa.
ISBN: 978-85-7773-956-1
(Publicado em outubro de 2016)

 

FOR ENGLISH VERSION, CLICK HERE
Abstract in english:
The diffusion process of distributed solar photovoltaic generation has been occurring in an accelerated way in several regions of the world. In Brazil, although the process is still incipient, resolutions 482 and 687 created conditions conducive to the existence of an expansive cycle of investments in photovoltaic systems. The benefits inherent to decentralization through the diffusion of micro and mini solar photovoltaic generation are diverse. However, there are also impacts and costs in the process. On the one hand, there is a reduction in the distribution dealer’s market. At the same time, for higher levels of diffusion, it is possible that there is a need for adaptations in the network. In this way, the need to examine the impacts on the economic and financial balance of distributors is perceptible. The discussion paper “Perspectives and Challenges of Micro and Mini Photovoltaic Solar Generation in Brazil” aims not only to present the conditions of the insertion of distributed solar photovoltaic generation in Brazil, but also to examine the technical and economic impacts of this diffusion. The study concludes that the current regulatory framework is incompatible with the guarantee of the financial economic equilibrium of the distributors in a scenario of high diffusion of micro and mini solar photovoltaic generation.

Artigos acadêmicos
Publicado em: outubro de 2016
Rubens Rosental Lucca Zamboni Luis Dias Pedro Vardiero Carlos Henggeler Guilherme Dantas

Avaliação de Políticas Públicas para Redes Inteligentes no Brasil

A disseminação de redes inteligentes é um elemento central na dinâmica de transformação do setor elétrico. Ressalta-se, contudo, que as características tecno-econômicas deste setor não induzem endogenamente a promoção dessa inovação. Observa-se, assim, a pertinência da adoção de políticas públicas para esse fim. A delimitação dessas políticas é uma tarefa complexa, pois deve considerar variáveis de diferentes naturezas. Neste sentido, o objetivo central deste artigo é identificar as políticas públicas mais pertinentes de serem adotadas no Brasil, utilizando, para isso, um modelo de análise multicritério. A parametrização do modelo foi feita recorrendo a um conjunto de especialistas através da aplicação de uma pesquisa Delphi.

Artigos acadêmicos
Publicado em: setembro de 2016
Nivalde de Castro Rubens Rosental Vanessa Huback Patrícia Pereira da Silva Guilherme Dantas Maria Alice Magalhães

Mudanças Climáticas E Os Impactos Sobre O Setor De Energia Elétrica: Uma Revisão Da Bibliografia

O tema de mudanças climáticas vem sendo associado com a questão energética, em especial as energias renováveis, que são dependentes dos recursos naturais como água e vento, por exemplo. A relevância desta relação deve-se ao fato de, por um lado, as fontes renováveis de energia representarem uma das principais alternativas estratégicas para a mitigação da mudança do clima global. E, por outro lado, ao serem dependentes das condições climáticas, ficam potencialmente sujeitas a impactos do próprio fenômeno que pretendem evitar. No entanto, o segmento de geração de energia elétrica baseado em fontes não renováveis, especificamente das centrais termelétricas, também está sujeito aos impactos das mudanças climáticas, no que se refere ao recurso natural água. Os processos de geração das centrais térmicas são também dependentes das águas para suportar os sistemas de resfriamento. Neste contexto, o trabalho proposto tem como objetivo central estruturar uma revisão da literatura sobre o tema de impactos de mudanças climáticas sobre o setor de energia elétrica no segmento das hidrelétricas e das centrais térmicas, tendo como foco analítico o Brasil, os Estados Unidos e União Europeia, em função da diversidade econômica e da composição da matriz elétrica destas regiões.

Artigos acadêmicos
Publicado em: setembro de 2016
Mauricio Moszkowicz Lorrane Câmara Francesco Tommaso Lucas Merenfeld Guilherme Dantas

Desafios Da Difusão De Fontes De Geração Não Controláveis No Brasil

O objetivo do presente trabalho é identificar alternativas para lidar com os desafios inerentes à expansão de fontes não controláveis na matriz elétrica brasileira. A metodologia utilizada teve como base a realização de revisão bibliográfica, análise documental e consulta a especialistas, visando à construção de dois cenários, um de referência e outro alternativo. Os resultados encontrados indicam que a alternativa a ser priorizada no cenário de referência é baseada na conjugação de contratação de termoelétricas e de reforços no sistema de transmissão. Já no cenário alternativo, são adotadas medidas de gerenciamento da demanda, viabilizada através do desenvolvimento de redes inteligentes e da difusão do armazenamento de energia.

Artigos acadêmicos
Publicado em: setembro de 2016
Nivalde de Castro Ana Thereza Costa Victoria Martins Claro André Luís da Silva Leite Guilherme Dantas

Análise Dos Determinantes Da Matriz Elétrica Brasileira

A partir do ano de 2004, passou a vigorar um novo modelo para o setor elétrico brasileiro (SEB), com base em três pilares: garantia da expansão da capacidade instalada, modicidade tarifária e universalização do acesso à eletricidade. Para atingir estes objetivos, foi retomado o planejamento subordinado à responsabilidade do Estado, que havia sido transferido para os agentes privados a partir dos anos 1990. A criação da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) atende tal finalidade, e, através do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE), formula anualmente previsões de expansão de oferta e demanda de energia para um período de 10 anos à frente, transformando-se em importante instrumento de planejamento para o SEB. A contratação de nova capacidade instalada passa a se dar via leilões de energia, através dos quais é realizada a concessão de novas usinas e garante-se o atendimento à totalidade da expansão da demanda prevista pelas distribuidoras para os consumidores cativos. O artigo busca fazer uma comparação entre as proposições do PDE e os resultados dos leilões ocorridos até 2015. Essencialmente, procura-se responder se, através do planejamento indicado e dos leilões realizados, estamos de fato caminhando para uma matriz elétrica estratégica para o SEB.

Artigos acadêmicos
Publicado em: fevereiro de 2016
Lucca Zamboni Luis Dias João Felippe Cury Marinho Mathias Carlos Henggeler Guilherme Dantas

“Evaluation of policies and incentive actions to foster technological innovations in the electricity sector – structuring criteria”

The promotion of a reliable and sustainable power system has as key drivers the development of smart grids associated with demand-side management schemes, diffusion of electric mobility, accommodation of larger shares of distributed generation, in particular microgeneration and the introduction of storage systems. In addition, these technological development vectors represent new business opportunities for several players (utilities, retailers, ESCOs, aggregator entities, etc.), which should be considered by regulatory guidelines accounting for technical efficiency, economic feasibility and tariff affordability. The technical and economic characteristics of the electricity sector (capital intensive, undifferentiated product, regulated tariffs, almost inelastic demand, need of instantaneous balance between supply and demand, etc.) do not induce that the process of technological innovation happens in an endogenous manner within the sector dynamics. Therefore, public policies have a role to play in this process. This communication presents an approach using Problem Structuring Methods to frame the problem of analyzing and evaluating technological innovations and associate incentive policies in the electricity sector. The results of this structuring phase using Soft Systems Methodology suggest a large number of issues that were organized as a hierarchy of objectives. These objectives will correspond to the criteria of a Multicriteria Decision Analysis methodology devoted to assessing the potential courses of action promoting technological innovation. This methodology should provide decision support to policy and decision makers to shape policies aimed at fostering more reliable and sustainable electricity systems.