IFE
09/08/2023

IFE Hidrogênio 138

Assinatura:
Equipe de Pesquisa UFRJ
Editor: Prof. Nivalde J. de Castro (nivalde@ufrj.br)
Subeditores: Fabiano Lacombe, Kalyne Brito e Sayonara Andrade Elizário
Pesquisadores: Bruno Elizeu e Sofia Paoli
Assistente de pesquisa: Sérgio Silva

IFE
09/08/2023

IFE nº 138

Assinatura:
Equipe de Pesquisa UFRJ
Editor: Prof. Nivalde J. de Castro (nivalde@ufrj.br)
Subeditores: Fabiano Lacombe, Kalyne Brito e Sayonara Andrade Elizário
Pesquisadores: Bruno Elizeu e Sofia Paoli
Assistente de pesquisa: Sérgio Silva

Ver índice

IFE Hidrogênio 138

Políticas Públicas e Financiamentos

Brasil: MME prepara plano trienal para desenvolvimento do hidrogênio combustível no Brasil

Após a consulta pública finalizada em fevereiro de 2023, o Ministério de Minas e Energia está finalizando o Plano de Trabalho para orientar o Programa Nacional do Hidrogênio (PNH2) nos próximos três anos, buscando fortalecer o setor no Brasil a. O programa abrange seis eixos principais, incluindo regulação, rotas tecnológicas, mercado, planejamento energético, cooperação internacional e capacitação. O hidrogênio verde (H2V), obtido por meio de energia limpa, está ganhando destaque, com vários projetos em desenvolvimento no Brasil, impulsionados por vantagens competitivas, como a infraestrutura de transmissão integrada e abundância de fontes renováveis, incluindo parques eólicos e fotovoltaicos na Região Nordeste. (Além da energia – 01.08.2023) 
Link Externo

Alemanha explora esquema de subsídio apoiado pela UE para usinas de hidrogênio

O Ministério da Economia e Proteção Climática da Alemanha avançou nas negociações com a Comissão Europeia para subsidiar usinas de hidrogênio. O plano inclui licitar 8,8 GW de novas usinas operadas com hidrogênio desde o início e converter até 15 GW de usinas movidas a gás para funcionarem com hidrogênio até 2035. A Alemanha busca uma estrutura para implementar essas medidas e alcançar a neutralidade climática no setor elétrico. Além disso, a estratégia nacional de hidrogênio foi atualizada, dobrando a meta de capacidade de eletrólise doméstica para 10 GW até 2030, com planos de importação de hidrogênio para atender à crescente demanda no país. (H2 View – 01.08.2023) 
Link Externo

Alemanha: thyssenkrupp Steel recebe financiamento de € 2 bilhões para usina movida a hidrogênio

A Alemanha aprovou formalmente €2 bilhões em financiamento federal e estadual para o projeto de descarbonização tkH2 Steel da thyssenkrupp Steel. O projeto busca reduzir as emissões de CO2 e se tornar um impulsionador da economia europeia do hidrogênio. Com a aprovação da Comissão da UE, incluindo uma doação direta de € 550 milhões e um mecanismo de pagamento condicional de € 1,45 bilhão, o obstáculo financeiro foi superado. A usina operará com cerca de 143 mil toneladas de hidrogênio por ano, contribuindo para a descarbonização do setor siderúrgico alemão. O projeto também visa desenvolver uma infraestrutura de hidrogênio transfronteiriça. (H2 View – 27.07.2023) 
Link Externo

Alemanha recua em estratégia para hidrogênio e inclui rotas com gás natural e resíduos

A Alemanha atualizou sua estratégia para o hidrogênio, permitindo o apoio financeiro direto à produção a partir da eletrólise com energias renováveis, mas também abrindo a possibilidade de consumo de hidrogênio produzido a partir de outras fontes, como o gás natural com captura de carbono (hidrogênio azul), resíduos e outras tecnologias. A meta é alcançar a neutralidade climática até 2045. A Alemanha planeja importar até 70% do hidrogênio necessário, com foco em países com maior potencial de geração de energia eólica e solar, como Brasil e países africanos. A estratégia também inclui o desenvolvimento de infraestrutura de hidrogênio e a construção de gasodutos dedicados em toda a Europa. (EPBR – 28.07.2023) 
Link Externo

Produção

França/Alemanha: GenHydro e EREN Groupe formam parceria estratégica para impulsionar hidrogênio verde

A empresa americana GenHydro, especializada em tecnologia de hidrogênio verde e produção de energia renovável, firmou uma parceria estratégica com a EREN Groupe, uma empresa privada focada em inovação tecnológica para preservar os recursos naturais e combater o aquecimento global. O objetivo da parceria é implementar novos sistemas de produção de hidrogênio verde e tecnologia de energia renovável na França e na Alemanha, visando aumentar significativamente o suprimento de hidrogênio verde e reduzir os custos. A colaboração abrangerá diversos setores, como produtos químicos industriais e combustíveis para a mobilidade, contribuindo para a descarbonização de várias indústrias e combate às mudanças climáticas. EREN Groupe também investiu na GenHydro para acelerar ainda mais a implantação de sua tecnologia globalmente. (H2 View - 02.08.2023) 
Link Externo

Alemanha: APEX Group adquire terrenos estratégicos em Lubmin para construir até 600 MW de capacidade de eletrólise para a produção de hidrogênio verde

APEX Group, subsidiária da exceet Group SCA, adquiriu estrategicamente três terrenos em Lubmin, Alemanha, com planos de construir uma planta de eletrólise de até 600 MW para produção de hidrogênio verde. A primeira fase de construção está prevista para 2027, com capacidade de produção anual de até 43 mil toneladas de hidrogênio, evitando mais de 400 mil toneladas de CO2. A planta utilizará eletricidade de fontes renováveis, tornando-a 100% verde. A localização estratégica próxima a parques eólicos offshore e uma subestação de alta voltagem facilitará a conexão à rede elétrica. APEX também participa do projeto 'Flow - Making Hydrogen Happen', que visa o transporte de hidrogênio em toda a Alemanha através da infraestrutura de gás natural. APEX espera se tornar um fornecedor nacional e internacional de hidrogênio, contribuindo para a descarbonização e expansão da infraestrutura de hidrogênio na região. (BloomBerg - 27.07.2023) 
Link Externo

Austrália: Northam Green Hydrogen Hub produzirá hidrogênio para abastecer veículos

A Northam Green Hydrogen Hub será a primeira instalação comercial na Austrália a produzir hidrogênio verde para veículos. O projeto, propriedade da Infinite Green Energy (IGE), em parceria com a Samsung C&T Engineering & Construction e o Doral Energy Group, recebeu um subsídio de 5 milhões de dólares do governo estadual para iniciar a construção. A instalação produzirá quatro toneladas de hidrogênio por dia e estará em operação até o final de 2024 ou início de 2025, empregando cerca de 200 pessoas. O projeto é visto como uma demonstração para uma planta maior em Dongara, que deve ser uma das maiores da Austrália, abastecendo pelo menos 700 trens rodoviários por dia. (Australian Broacastin Corporation - 27.07.2023) 
Link Externo

Austrália: H2U e Vopak colaboram no projeto de exportação de hidrogênio verde e amônia verde

A Hydrogen Utility® (H2U) e a Vopak Terminals Australia (Vopak) anunciaram sua colaboração no projeto H2-Hub™ Gladstone, um complexo de energia renovável que produzirá hidrogênio verde e amônia verde. O projeto está proposto para ser estabelecido em Gladstone, Queensland. O projeto H2-Hub™ Gladstone é o maior desenvolvimento de hidrogênio verde e amônia verde em Queensland, com 3 GW de capacidade planejada de eletrolisadores e mais de 1,7 milhão de toneladas por ano de produção planejada de amônia verde. A colaboração se concentrará principalmente no Terminal de Exportação do H2-Hub™ Gladstone. Ambas as empresas estão alinhadas com a visão do governo de Queensland para um futuro verde e limpo e estão se preparando para oportunidades de negócios em amônia verde em outros locais, como Holanda, Cingapura e EUA. O projeto foi declarado um Projeto Coordenado pela primeira vez em Queensland em abril de 2022 e recebeu os Termos de Referência para o Estudo de Impacto Ambiental em fevereiro de 2023. (Vopak - 25.07.2023) 
Link Externo

Armazenamento e Transporte

África do Sul: Empresas Port of Rotterdam e Vopak competem por Porto de Hidrogênio de $2,8 Bilhões no país

O Porto de Roterdã e a Koninklijke Vopak NV foram convidados a apresentar planos de construção e financiamento para um Porto de 50 bilhões de rands ($2,8 bilhões) para enviar commodities, incluindo hidrogênio e seus derivados, do noroeste da África do Sul. O governo sul-africano e a Transnet SOC Ltda. selecionaram três grupos, incluindo o consórcio Boegoebaai Port & Rail, Boegoebaai Development e Project Elephant Consort, para apresentar propostas firmes. A África do Sul pretende usar a energia renovável abundante do vento e do sol em sua costa oeste árida para produzir hidrogênio verde e exportar produtos como amônia verde. A Port of Rotterdam e a Vopak são duas das empresas holandesas envolvidas no projeto. (Bloomberg - 26.07.2023) 
Link Externo

Alemanha: Operadores de armazenamento de gás criticam planos para rede de hidrogênio

Os operadores do sistema de gás da Alemanha, representados pela associação FNB, pediram uma revisão fundamental de suas suposições para uma futura rede de transporte de hidrogênio. Eles argumentam que os planos existentes levariam a uma rede superdimensionada, o que poderia resultar em infraestrutura subutilizada e custos elevados. A FNB questiona a capacidade de importação assumida para importações de hidrogênio por meio de dutos de países vizinhos e destaca discrepâncias entre as suposições dos operadores do sistema e estimativas da estratégia nacional de hidrogênio. Eles sugerem que a utilização efetiva de locais de armazenamento permitiria uma rede menor, pois essas instalações podem ajudar a atender aos picos de demanda. A consulta sobre as suposições subjacentes ao sistema de transporte de hidrogênio terminou, e uma otimização adicional da rede é esperada com base nos comentários recebidos. (Argus Media - 01.08.2023) 
Link Externo

Demanda por tanques de armazenamento e transporte de hidrogênio está em ascensão

O mercado global de tanques de armazenamento e transporte de hidrogênio apresenta um crescimento significativo, com previsão de alcançar US$ 2124,49 milhões até 2031. A pesquisa de mercado da Intellectual Market Insights Research (IMIR) revela que o setor registrou um valor de US$ 175 milhões em 2022, com uma taxa de crescimento anual composta de 38,7% prevista para o período de 2023 a 2031. O relatório abrange uma visão geral do mercado, análise das dinâmicas, segmentação e participação das principais empresas. Além disso, destaca as aplicações em diferentes setores e as pressões dos tanques utilizados. O aumento da demanda por soluções de armazenamento de hidrogênio em várias indústrias impulsiona o crescimento desse mercado. (OpenPr - 02.08.2023) 
Link Externo

Uso Final

Alemanha: RWE cria condições para construir usina a gás preparada para hidrogênio em weisweiler

A empresa alemã RWE planeja construir usinas de energia a gás preparadas para hidrogênio em seus antigos locais de usinas de carvão na Alemanha até 2030, como parte do objetivo de eliminar o carvão até essa data. A empresa assinou um contrato com um consórcio internacional para construir uma usina de gás de ciclo combinado (CCGT) com capacidade de 800 MW em Weisweiler até o final da década. A usina será capaz de usar pelo menos 50% de hidrogênio desde o início, e será projetada para uma futura conversão para 100% de hidrogênio a partir de 2035. A RWE pretende participar de licitações do governo alemão para usinas de energia a gás preparadas para hidrogênio. (RWE - 28.07.2023) 
Link Externo

Alemanha: Aeroporto de Hamburgo a caminho de se tornar um Hub de Hidrogênio

O Aeroporto de Hamburgo está avançando para se tornar um hub de hidrogênio no setor de aviação geral. Por meio do Programa Interreg do Mar Báltico da UE, o projeto "Baltic Sea Region", iniciado pelo Aeroporto de Hamburgo, receberá apoio na categoria de financiamento "Mobilidade Verde". O projeto visa conectar melhor as regiões rurais do Mar Báltico aos hubs de aviação existentes com pequenas aeronaves movidas a hidrogênio. O projeto envolve 16 parceiros e 24 organizações associadas, além do Aeroporto de Hamburgo, e tem como objetivo impulsionar o transporte aéreo movido a hidrogênio na região do Mar Báltico. O projeto prevê a realização de um voo de demonstração com uma aeronave movida a hidrogênio ao final do período do projeto. Com essa iniciativa, o Aeroporto de Hamburgo visa promover a aviação climaticamente amigável e contribuir para a redução de emissões de CO2 no setor. (Avionews - 28.07.2023) 
Link Externo

Austrália: Tecnologia Britânica de abastecimento de hidrogênio é exportada

A tecnologia britânica de abastecimento de hidrogênio foi exportada para a Austrália, fornecendo à Nova Gales do Sul sua primeira estação comercial. A parceria entre a Haskel, uma empresa sediada em Sunderland, Reino Unido, e a Coregas resultou na inauguração da primeira estação de abastecimento de hidrogênio no estado australiano. A estação é projetada para encher veículos pesados movidos a células a combustível de hidrogênio, como caminhões, ônibus e veículos de coleta de lixo. O sistema, capaz de fornecer mais de 400 kg de hidrogênio por dia, usa a tecnologia de compressão da Haskel para tornar o abastecimento tão conveniente quanto em postos tradicionais de combustíveis. Essa iniciativa faz parte dos esforços para adotar a tecnologia de hidrogênio na Austrália e reduzir a pegada ambiental do transporte na região. (Gas World - 28.07.2023) 
Link Externo

Estados Unidos: Mitsubishi Power entrega turbinas a gás prontas para hidrogênio para projeto em Utah

A Mitsubishi Power entregou duas turbinas a gás avançadas ao projeto IPP Renewed em Utah, parte de um esforço para alcançar metas de descarbonização no oeste dos EUA. As turbinas utilizarão hidrogênio como combustível, com o objetivo de alcançar 100% de hidrogênio até 2045, reduzindo as emissões de carbono em mais de 75%. O hidrogênio será fornecido pelo hub ACES Delta Hydrogen, que armazena energia limpa em duas cavernas de sal subterrâneas. O projeto IPP Renewed é um marco importante na adoção de tecnologias mais limpas e sustentáveis para a geração de energia na região. (Mitsubishi Power Industries - 28.07.2023) 
Link Externo

Austrália: Northam Green Hydrogen Hub definido para fornecer energia renovável para veículos pesados

A Infinite Green Energy (IGE) planeja construir uma usina de hidrogênio verde em Northam, Austrália Ocidental, que fornecerá energia renovável para veículos pesados, incluindo ônibus, betoneiras, caminhões de lixo e trens rodoviários. O projeto, em parceria com a Samsung C&T Engineering & Construction e o Doral Energy Group, recebeu uma doação de US$ 5 milhões do governo do estado. A instalação produzirá quatro toneladas de hidrogênio por dia, suficiente para abastecer 78 caminhões pesados de classe 8. (Hydrogen Central – 27.07.2023) 
Link Externo

Japão: Carro movido a hidrogênio da BMW lança teste de estrada

A BMW iniciou um teste de estrada no Japão com seu carro movido a hidrogênio, o BMW iX5 Hydrogen, que utiliza a tecnologia de célula a combustível fornecida pela Toyota. O veículo pode ser abastecido com hidrogênio em três minutos e tem autonomia de cerca de 500 km. A iniciativa faz parte dos esforços para descarbonizar os veículos e explorar uma variedade de tecnologias, além dos veículos elétricos puros. O governo japonês também está investindo significativamente em promover o uso de hidrogênio como fonte de energia limpa para usinas termelétricas e veículos com célula a combustível, além de apoiar o desenvolvimento de indústrias que utilizam o hidrogênio como matéria-prima. A BMW é otimista sobre o potencial das células de combustível de hidrogênio, mas Elon Musk, CEO da Tesla, tem sido crítico em relação a essa tecnologia. (TechGoing – 25.07.2023) 
Link Externo

Tecnologia e Inovação

AFC Energy e Speedy Hire lançam negócio de aluguel de usina geradora movida a hidrogênio

A AFC Energy e a Speedy Hire se uniram para lançar um negócio de aluguel de usinas geradoras movidas a hidrogênio no Reino Unido. Essa colaboração oferecerá uma solução de energia temporária sustentável e livre de emissões para o setor de construção e energia fora da rede. Através de uma joint venture, as empresas fornecerão um serviço completo de aluguel, incluindo equipamento do gerador, manutenção, suporte técnico, preparação do local e abastecimento. O equipamento da AFC estará disponível exclusivamente para aluguel pela JV por meio da Speedy Hire, inicialmente por um período de três anos. (H2 View – 28.07.2023) 
Link Externo

Eventos

MME abre inscrições para reunião ampliada com o setor privado do hidrogênio

As inscrições estão abertas para uma reunião ampliada com o setor privado sobre o Programa Nacional do Hidrogênio (PNH2), organizada pelo Ministério de Minas e Energia (MME), que ocorrerá no dia 16/08 em formato híbrido. O evento visa alinhar as ações em andamento no âmbito do PNH2, incluindo a versão do Plano de Trabalho Trienal 2023-2025, e divulgar as ações prioritárias já em curso. As inscrições para participação virtual estão abertas até às 20h do dia 14 de agosto (segunda-feira), por meio deste link. (GOV BR – 28.07.2023). 
Link Externo

Inter-conecta: Energia Solar e Hidrogênio Verde

Os projetos H2Brasil e Parceria Energética Brasil-Alemanha realizarão um evento de matchmaking no dia 30 de agosto durante a Intersolar South America, visando promover a atuação das mulheres no setor de hidrogênio verde (H2V) e conectá-las com o público-alvo da feira de energia solar. O evento busca incentivar o debate, realizar conexões e tornar o setor de energias renováveis mais inclusivo e inovador. O projeto H2Brasil é implementado pela GIZ e pelo Ministério de Minas e Energia, com financiamento do Ministério Federal da Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha. O evento é aberto ao público e ocorrerá no dia 30 de agosto. 
Link Externo

Artigos e Estudos

Hidrogênio verde, vetor para reindustrialização no Brasil

O Brasil possui uma perspectiva favorável para se tornar o maior fornecedor global de hidrogênio verde, com o potencial de atrair investimentos de US$ 200 bilhões até 2040. Com recursos renováveis abundantes, o país pode estabelecer uma nova matriz elétrica voltada para a produção de H2V. O hidrogênio verde tem amplas aplicações, desde reduzir emissões em setores poluentes como indústria e siderurgia até impulsionar o agronegócio com fertilizantes verdes. Apesar do interesse de países europeus e EUA, é necessário um posicionamento assertivo e políticas adequadas para aproveitar essa oportunidade de reindustrialização e transição energética. (Valor – 27.07.2023) 
Link Externo

Custo nivelado de hidrogênio de 2023: verde supera o cinza

O custo nivelado do hidrogênio aumentou ligeiramente em 2023 devido à inflação e aos custos de financiamento mais altos. No entanto, o hidrogênio verde se tornará competitivo com o hidrogênio cinza existente em cinco mercados até 2030. O hidrogênio azul continua sendo a opção mais competitiva atualmente devido à queda nos preços do gás natural, mas o hidrogênio verde se tornará mais barato que o azul em alguns mercados em 2028 e em todos os mercados modelados até 2035. Até 2050, o custo nivelado do hidrogênio verde recém-construído reduzirá o custo do hidrogênio cinza de usinas existentes em todos os mercados modelados. (Bloomberg – 25.07.2023) 
Link Externo

UNIDO: Green Hydrogen Industrial Clusters Guidelines

A Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) desenvolveu um modelo para clusters industriais de hidrogênio verde (GHIC), que definimos como clusters industriais que compartilham hidrogênio verde e energia renovável para diferentes propósitos, incluindo produção de materiais, aquecimento e resfriamento, balanceamento de energia, mobilidade e matéria-prima industrial. O GHIC pode reduzir as emissões de gases de efeito estufa, promover investimentos, criar empregos e fomentar o crescimento econômico ambientalmente sustentável e socialmente responsável. O modelo fornece orientação para governos e indústrias na preparação, implementação e ampliação do GHIC. Vários desafios persistem em relação à prontidão tecnológica, ao impacto socioecológico e, particularmente, à criação de mercados, bem como ao acesso ao financiamento. Assim, as diretrizes fornecem uma visão geral dos potenciais facilitadores de políticas, principalmente a regulamentação que promove a segurança do investimento e estimula a demanda do mercado. (UNIDO - junho de 2023)
Link Externo