IFE
03/02/2023

IFE Armazenamento 37

Assinatura:
Equipe de Pesquisa UFRJ
Editor: Prof. Nivalde J. de Castro (nivalde@ufrj.br)
Subeditores: Fabiano Lacombe e Vinicius Botelho
Pesquisadores: Luana Oliveira e Felipe Gama
Assistente de pesquisa: Sérgio Silva

IFE
03/02/2023

IFE nº 37

Assinatura:
Equipe de Pesquisa UFRJ
Editor: Prof. Nivalde J. de Castro (nivalde@ufrj.br)
Subeditores: Fabiano Lacombe e Vinicius Botelho
Pesquisadores: Luana Oliveira e Felipe Gama
Assistente de pesquisa: Sérgio Silva

Ver índice

IFE Armazenamento 37

Políticas Públicas e Financiamentos

Filipinas: Departamento de Energia revela mudanças na política do mercado de armazenamento de energia

O Departamento de Energia das Filipinas (DOE, sigla em inglês), delineou novas regras e políticas de mercado para armazenamento de energia um mês depois que o país permitiu ativos de energia renovável 100% de propriedade estrangeira. O documento ‘Adoção de Sistema de Armazenamento de Energia na Indústria de Energia Elétrica’, estabeleceu a política do Departamento para tecnologia de armazenamento de energia no mercado de energia do país, após discussões e estudos de grupos focais em novembro. O documento passou a delinear as quatro tecnologias que considera parte dos sistemas de armazenamento de energia, que são os sistemas de armazenamento de energia em bateria, armazenamento de energia por ar comprimido, armazenamento flywheel e usinas hidrlétricas reversíveis (UHR). O Departamento de Energia disse que os projetos fornecerão serviços ancilares, energia por meio de acordos bilaterais ou negociação no mercado, gerenciarão a intermitência das energias renováveis, aumentarão a produção das instalações de geração convencionais, fornecerão uma alternativa sem fio para atualizações do sistema de transmissão, melhorarão a qualidade da energia e ajudarão os usuários finais a gerenciarem sua demanda. (Energy Storage News - 30.01.2023) 
Link Externo

Índia: Orçamento da União deve incluir incentivos fiscais para armazenamento de energia

O próximo Orçamento da União da Índia deve incluir incentivos fiscais para armazenamento de energia, disse a India Energy Storage Alliance (IESA). O orçamento do ano passado deu um passo à frente e foi a primeira vez que o armazenamento de energia foi diretamente referenciado, recebendo o status de ativos de infraestrutura. Isso significava que, pela primeira vez, o armazenamento de energia será incluído em uma lista de tipos de projetos que poderiam se qualificar para empréstimos de infraestrutura. O mercado de armazenamento de energia da Índia já parece pronto para um crescimento rápido, com organizações governamentais e instituições como a Solar Energy Corporation of India (SECI) iniciando licitações para projetos de sistema de armazenamento de energia de bateria em larga escala e várias outras medidas políticas de apoio. (Energy Storage News - 30.01.2023) 
Link Externo

EUA: Nova York propõe programa para promover a implantação de armazenamento de energia

O programa Energy Storage Roadmap 2.0, recentemente proposto por Nova York para promover a implantação de armazenamento de energia, foi projetado para criar um mercado robusto no estado, englobando desde a escala residencial até empreendimentos de grande escala. O Roadmap inclui pela primeira vez um programa proposto para adquirir recursos de armazenamento de energia em escala de rede por meio de um processo de licitação. A legislação da Lei de Liderança Climática e Proteção Comunitária de Nova York define um objetivo político para o estado de alcançar uma rede elétrica livre de carbono até 2040. Ela também exige uma rede 70% livre de emissões até 2030 e 6 GW de implantações de armazenamento de energia. No programa revisado do Roadmap 2.0 para estimular a atividade, serão realizadas solicitações para instalações de armazenamento de grande escala, definidas como mais de 5MW por ativo, enquanto um programa de incentivo direto para armazenamento em menor escala será mantido. Com cerca de 1,3 GW de armazenamento de energia contratado ou concedido no estado de Nova York até agora, as novas propostas o levarão à meta total de 6 GW. (Energy Storage News - 23.01.2023) 
Link Externo

União Europeia: Bloco econômico anuncia pacote de apoio para energias renováveis ​​e armazenamento de energia

A União Européia (UE) revelou seus planos para seu próprio pacote de apoio, o Green Deal Industrial Plan, voltado para tecnologias de energia limpa, incluindo armazenamento de energia. O anúncio da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ocorre depois que os formuladores de políticas seniores levantaram preocupações de que o recente pacote de investimentos e incentivos de US$ 369 bilhões dos EUA para os setores de energia renovável a montante e a jusante estava afastando o investimento potencial da Europa. O primeiro pilar do plano é criar um ambiente regulatório que permita a rápida expansão de setores cruciais para o net zero, incluindo eólica, bombas de calor, energia solar, hidrogênio limpo e armazenamento. O plano visa ajudar a Europa a atingir suas metas de aumento de energia renovável sob seus planos REPowerEU, formulados em resposta à invasão russa da Ucrânia. Os outros três pilares do Green Deal Industrial Plan são: impulsionar o investimento e o financiamento da produção de tecnologia limpa; desenvolver as habilidades necessárias para fazer a transição acontecer; e facilitar o comércio aberto e justo para o benefício de todos. (Energy Storage News - 19.01.2023) 
Link Externo

Mecanismos de Inserção de Armazenamento de Energia

Austrália: New South Wales seleciona 4,3 GW de projetos de armazenamento, usinas eólicas e solares no primeiro leilão de energias renováveis

O governo do estado de New South Wales diz que selecionou 16 projetos que compreendem mais de 4,3 GW de capacidade de geração e armazenamento no primeiro, de mais de uma dúzia de leilões projetados para sustentar a mudança da maior rede de carvão do país, para energias renováveis. O tesoureiro do estado e ministro da energia, Matt Kean, diz que as propostas para mais de 4,3 GW de geração e armazenamento de longa duração serão agora avaliadas pelo Australian Energy Market Operator (AEMO) sob a licitação inaugural para o NSW Electrity Roadmap. O Estado de New South Wales está em busca de mais de US$ 32 bilhões em novos investimentos para cobrir a aposentadoria de todos, ou quase todos os cinco geradores de carvão remanescentes no estado durante a próxima década. Os leilões serão realizados duas vezes por ano até 2030, pelo menos para garantir que a capacidade de reposição suficiente seja construída a tempo. O governo do estado almeja 12 GW de novas fontes renováveis ​​e pelo menos 2 GW de armazenamento de energia de longa duração. (Renew Economy - 27.01.2023) 
Link Externo

Comissão Européia aprova auxílio para reduzir o consumo de eletricidade na Áustria por meio de licitação para armazenamento de energia

A Comissão Europeia aprovou uma medida austríaca de 100 milhões de euros para reduzir o pico de consumo de eletricidade na Áustria no contexto da guerra da Rússia contra a Ucrânia. Esta é a primeira medida destinada a apoiar a redução do consumo de eletricidade que a Comissão aprovou ao abrigo do Quadro Temporário de Crise dos auxílios estatais, adotado pela Comissão, em 23 de março de 2022, alterado em 20 de julho de 2022 e em 28 de outubro de 2022, reconhecendo que a economia da UE está sofrendo uma grave perturbação. A medida prevê apoio financeiro para atingir a meta de redução de consumo e moderar os preços da eletricidade. A ajuda será alocada por meio de um processo de licitação competitivo, que está aberto a todas as formas de obter redução de consumo adicional, como deslocamento do consumo para fora do horário de pico e armazenamento de eletricidade. Os critérios de elegibilidade para participação no processo licitatório serão transparentes, objetivos e não discriminatórios. (European Commision - 19.01.2023) 
Link Externo

Projetos de Armazenamento de Energia em Larga Escala

Suécia: Ellevio Group faz pedido de 70MW em sistemas de armazenamento de energia em baterias

O Ellevio Group está investindo em quatro novos projetos de armazenamento de energia em bateria, totalizando 70MW, fornecidos pela Alfen, sendo os mais recentes de uma série de projetos de grande escala. Na primeira fase, duas unidades de armazenamento de energia em bateria de 15 MW cada serão implantadas em Kungsbacka e Lindome, com a construção prevista para terminar na primavera de 2023. Outros 40MW de armazenamento de bateria serão implantados em um local ainda a ser determinado no centro da Suécia. Todos os três estão programados para entrar em operação em 2024. (Energy Storage - 26.01.2023) 
Link Externo

Brasil: Inauguração do sistemas de armazenamento de energia revela maiores detalhes do projeto

Mais detalhes sobre o maior projeto de armazenamento de baterias do Brasil até o momento foram revelados, incluindo seus integradores e fornecedores de equipamentos. A inauguração do sistema de 30MW/60MWh ocorreu no ano final de 2022, nas redes da operadora do sistema de transmissão ISA CTEEP. A ISA CTEEP o reivindicou como o primeiro sistema de armazenamento de energia por bateria em grande escala na rede de transmissão do Brasil. O projeto exigiu um investimento total de US$ 27 milhões. A usina está localizada em uma subestação ISA CTEEP em São Paulo. (Energy Storage - 27.01.2023) 
Link Externo

Canadá: Empresa do setor de óleo e gás obtém apoio local para projetos de armazenamento de energia em baterias

A autoridade local em um município de Ontário deu seu apoio a um plano da empresa de energia, Enbridge, para construir três projetos de armazenamento em baterias de grande escala na província canadense. A Enbridge deseja desenvolver três Sistemas de Armazenamento de Energia em Bateria (do inglês: Battery Energy Storage System - BESS) em terrenos que já possui no município de St Claire Township. Cada um dos três locais poderia potencialmente hospedar um BESS com potência nominal de até 200 MW, de acordo com um documento de proposta da Enbridge. (Energy Storage - 25.01.2023) 
Link Externo

Índia: JSW Renew Energy recebe sinal verde para construir dois projetos de armazenamento de energia em baterias de larga escala

A JSW Renew Energy Five recebeu o aviso oficial para prosseguir com dois projetos de armazenamento de bateria em grande escala, que foram premiados em uma licitação pela Solar Energy Corporation of India (SECI). A SECI, de propriedade do governo, lançou a licitação em abril de 2022, buscando licitantes para a entrega de dois Sistemas de Armazenamento de Energia em Bateria (do inglês: Battery Energy Storage System - BESS) de 250MW/500MWh. Eles serão instalados em locais adjacentes para se conectar ao Sistema de Transmissão Interestadual da Índia a partir de uma subestação em Fatehgarh, no estado de Uttar Pradesh. (IEEFA - 19.01.2023) 
Link Externo

Índia: Tangedco planeja usinas reversíveis em três distritos

A Tangedco seguirá o caminho da parceria público-privada (PPP) para construir três usinas hidrelétricas reversíveis (UHR): a Coimbatore's Aliyar (1000 MW), a Kanniyakumari's Kodayar e a Theni's Manalar (500 MW cada), que terão uma capacidade combinada de 2.000 MW. Um consultor privado foi encarregado de preparar um relatório de viabilidade e obter termos de referência do Ministério do Meio Ambiente, Florestas e Mudanças Climáticas da União em 21 de dezembro de 2021, e o relatório deu luz verde ao projeto, disse um funcionário da Tangedco. Um oficial sênior da Tangedco disse ao TNIE que essas usinas seriam estabelecidas no modelo PPP e assim que a concessionária obtiver a aprovação do governo estadual, o trabalho seria iniciado. (TNIE - 22.01.2023) 
Link Externo

Estônia instalará uma usina hidrelétrica reversível de 550 MW

A Energiasalv, sediada em Tallinn, na Estônia, anunciou que garantiu a licença de construção da Autoridade Reguladora Técnica e de Proteção ao Consumidor do país para construir uma usina hidrelétrica reversível (UHR) de 550 MW, em Paldiski, na Península de Pakri, no noroeste da Estônia. A instalação de armazenamento está planejada para ter uma capacidade de armazenamento de 6 GWh durante um ciclo de armazenamento de 12 horas. O trabalho na instalação está planejado para começar no verão de 2024. Destaca-se que o projeto recebeu originalmente um financiamento de € 650 milhões, como um Projeto de Interesse Comum da UE. (PV Magazine - 25.01.2023) 
Link Externo

EUA: Empresa proponente de uma UHR de 900 MW apresenta pedido de licença à FERC

Uma empresa com sede em Utah está desenvolvendo um projeto de uma usina hidrelétrica reversível (UHR), uma das várias implantações de energia renovável localizadas em Wyoming, em um esforço para diversificar o portfólio de energia e energia desse estado. Funcionários do projeto da UHR de 900 MW Seminoe, desenvolvido pela rPlus Hydro, anunciaram em 26 de janeiro que a Black Canyon Hydro, subsidiária da rPlus Hydro, apresentou um pedido de licença final à Federal Energy Regulatory Commission (FERC). O projeto está localizado em Carbon County, há muito tempo entre os maiores condados produtores de carvão no maior estado produtor de carvão do país, e agora abriga alguns dos mais novos parques eólicos do país. Destaca-se que o projeto Seminoe representaria um investimento de US$ 2,5 bilhões em energia renovável. (Power - 26.01.2023) 
Link Externo

Artigos e Estudos

“Development of a Method for Sizing a Hybrid Battery Energy Storage System for Application in AC Microgrid”

Este artigo aborda o desenvolvimento do método de compensação de energia usado para o projeto de Sistemas Híbridos de Armazenamento de Energia em Bateria (do inglês: Hybrid Battery Energy Storage System -HBESS). A combinação de duas tecnologias de bateria oferece melhor custo e desempenho quando se considera sistemas de microrrede para fornecer energia ininterrupta para cargas sensíveis (sistema auxiliar de subestação) e também oferece maior segurança energética. Em caso de falha, a carga precisa continuar operando, e baterias como as de íons de lítio têm resposta rápida, mas são caras para sistemas de grande porte. No entanto, algumas tecnologias oferecem baixo custo e boa disponibilidade de energia para longas horas de descarga, como as baterias de chumbo-ácido. Consequentemente, diferentes tecnologias de bateria podem ser usadas para atender todas as necessidades das cargas sensíveis. Um método específico para dimensionamento de um HBESS foi desenvolvido para microrredes ilhadas para suportar cargas sensíveis. Este método foi desenvolvido para atender a demanda de subestações fora do padrão brasileiro de sistemas elétricos que carecem de fonte de energia ininterrupta e confiável. O método é validado projetando uma microrrede para suportar os sistemas auxiliares de uma subestação de transmissão no nordeste do Brasil. Os resultados mostraram que um sistema com capacidade de 1215 kWh de chumbo-carbono e 242 kWh de íons de lítio é necessário para manter uma microrrede ilhada por pelo menos 10 h. Além disso, a microrrede compreende uma usina fotovoltaica com potência de saída CA de 700 kW em operação conectada e 100 kW quando isolada da rede. (MDPI - 20.01.2023) 
Link Externo

Longspur publica novo relatório sobre armazenamento de energia e descarbonização de redes elétricas

A Longspur anunciou a publicação de seu último relatório setorial, A Car Without Brakes, que explora o armazenamento de eletricidade e seu papel essencial na descarbonização das redes elétricas. O armazenamento de energia de longa duração é amplamente considerado essencial para a descarbonização e existe um mercado de ordem de grandeza semelhante ao do hidrogénio, dos biocombustíveis ou da captura de carbono. Tem potencial para se tornar um importante ativo do mercado de energia, uma vez que esse mercado se torna dominado por renováveis intermitentes. O relatório destaca os problemas da geração de baixo carbono ser intermitente, no caso das renováveis, ou insuficientemente flexível, no caso da nuclear, concluindo que o armazenamento é um componente essencial da rede elétrica do futuro. (Renewable Energy - 31.01.2023) 
Link Externo