quarta, 19 de setembro de 2018

Visão 2013

Vídeos

Selena Herrera comenta artigo publicado pelo GESEL

Em artigo publicado no periódico boliviano La Razón, o coordenador do GESEL, Nivalde de Castro, e a pesquisadora do Grupo, Selena Herrera, tratam da implementação de uma hidrelétrica binacional Brasil-Bolívia. Segundo o artigo, "a usina hidrelétrica binacional pode se tornar um fator de transformação e um vetor de desenvolvimento social, ambiental e econômico na região e na Bolívia, com grande repercussão geopolítica para ambos os países. A importância geopolítica da integração elétrica da Bolívia e do Brasil é estratégica, fortalecendo ainda mais os laços econômicos e políticos, fortalecendo as relações diplomáticas de forma mais sólida e duradoura". Usando a Usina de Belo Monte como exemplo de comparação.
Para ler o texto na íntegra, clique aqui.