quarta, 22 de maio de 2019

Visão 2013

14 Março 2018

GESEL na mídia: Nivalde de Castro, coordenador do Grupo, comenta novo reajuste nas tarifas de energia elétrica

Em matéria do jornal Globo News Edição das 18h, nesta terça-feira (13/03), o coordenador do GESEL, Nivalde de Castro, comentou o reajuste autorizado pela Aneel nas tarifas de energia elétrica. O aumento vale para diferentes concessionárias de energia dos estados do RJ, SP, MG e PR, e começa a valer a partir do dia 15 de março. Castro explica que o atual reajuste ficou acima da inflação porque essa é uma estrutura de custos que não tem nenhuma relação com a inflação. O custo de energia elétrica está diretamente ligado à compra e venda de energia pelas distribuidoras, o pagamento de impostos, encargos e o custo das linhas de transmissão. As distribuidoras contabilizam durante o ano uma série de itens da estrutura tarifária que aumentaram e apresentam isso para a agência reguladora. A Aneel, então, analisa esses valores que são diferentes nos diferentes estados, o que faz com que essas empresas tenham estruturas de custo diferenciadas. Ainda segundo o professor, os principais fatores que influenciaram o reajuste não estão ligados à energia elétrica. Os impostos representam mais de um terço da estrutura tarifária, e a geração de energia elétrica, que são os contratos que a distribuidora fez para comprar e vender energia para o consumidor, acaba influenciando diretamente no custo final da conta. “Nós avaliamos que para o consumidor a única saída é um consumo mais racional, ou seja, evitar desperdício”, finaliza Castro. (GESEL-IE-UFRJ – 14.03.2018)

Para ver o vídeo na íntegra, clique na imagem abaixo: