terça, 21 de novembro de 2017

Visão 2013

25 Agosto 2017

GESEL na mídia: “toda a motivação [de privatização da Eletrobras] é a necessidade de recurso para o Tesouro Nacional”

Para especialistas ouvidos pela reportagem, a decisão de privatizar foi acelerada por conta da situação econômica do país e também pelo tamanho do déficit das contas públicas. "Toda a motivação é a necessidade de recurso para o Tesouro Nacional. A Eletrobras já não vinha desempenhando um papel importante ou estratégico no setor elétrico, muito por conta dos problemas financeiros que ela enfrentava", explica Nivalde de Castro, coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel), do Instituto de Economia da UFRJ. O professor pondera, entretanto, que há riscos quando o Estado brasileiro perde um instrumento de política energética. "Uma coisa é você estar em um país desenvolvido, outra é estar em um país como o Brasil com uma heterogeneidade econômica e regional muito grande, com muitos lugares com necessidade de crescimento e mais capacidade de transmissão. No futuro, você pode correr o risco de ficar refém do privado", afirma Castro. (El País-Brasil – 24.08.2017)

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo: